Caros leitores e leitoras.

sábado, 19 de outubro de 2013

STF lança concurso para selecionar três jornalistas. Todos com diploma.

O Supremo Tribunal Federal lançou, no dia 14/10, edital de concurso público e, dentre as diversas atividades, três vagas para profissionais de Comunicação Social estão sendo ofertadas. 
Este concurso do STF vinha sendo aguardado por Jornalistas há anos. No passado, cerca de 80 vagas chegaram a ser criadas para susbstituir a mão de obra terceirizada que atua nas mídias do STF: TV, Rádio e Agência. 
O edital que foi publicado agora está longe, contudo, de preencher todas estas vagas.
As provas serão aplicadas pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) da Universidade de Brasília (UnB), na data prevista de 15 de dezembro. As três vagas se destinam a Jornalistas. Os cadidatos deverão possuir diploma de nível superior em Jornalismo e registro profissional emitido pelo Ministério do Trabalho.
O salário inicial é de R$ 7.506,55. Segundo o edital, os três selecionados deverãoser capazes de realizar atividades de natureza técnica relacionadas ao planejamento, organização, coordenação, supervisão, assessoramento, estudo, pesquisa e execução de tarefas que envolvam todas as etapas de uma cobertura jornalística integrada: produção, redação, reportagem e edição de conteúdos para mídias eletrônicas como rádio, TV, internet e imprensa escrita.

As inscrições serão feitas via internet, no sítio eletrônico do Cespe, de 18 de outubro a 4 de novembro.O edital completo foi publicado no Diário Oficial da União das páginas 177 a 184. Para visualizá-lo, clique aqui

Um comentário:

Ana Lucia Dias disse...

É uma contradição. Em função do STF ter extinguido o nosso diploma, deixando os jornalistas "profissionais" a ver navios.

Por que será que eles também preferem o jornalismo acadêmico? É óbvio, que eles não querem ter problemas na Ética, nas informações que necessariamente um jornalista com diploma sabe expressar, porque aprendeu...

Não é a toa que os quatro anos nos bancos de uma faculdade faz muita diferença...