Caros leitores e leitoras.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Comunicação em situação de risco reúne jornalistas e cientistas em Brasília

Seminário sobre Comunicação em situação de risco será realizado no dia 5 de novembro, no auditório da Fiocruz Brasília

Por Nathállia Gameiro, da Ascom Fiocruz
Ebola, Chikungunya, Dengue..., qual é o papel e a responsabilidade da mídia nos casos de epidemias? Os jornalistas estão treinados para cobrir casos de saúde pública? Qual é a qualidade das informações divulgadas pela mídia e pela autoridade sanitária em relação aos temas? Quais são as estratégias e dificuldades de cobertura e difusão de informações? Estes são alguns questionamentos que nortearão os debates da 4ª edição do Seminário As Relações da Saúde Pública com a Imprensa,que acontece em Brasília.
Com o surgimento de novos casos, doenças como dengue, chikungunya, zika e ebola estão sempre em pauta na mídia. Com o objetivo de discutir o papel e a responsabilidade da mídia, a Fiocruz Brasília promove a 4ª edição do Seminário As Relações da Saúde Pública com a Imprensa, com o tema central “Comunicação em situação de risco”, que será realizado no dia 5 de novembro. Por meio da iniciativa, pretende-se reunir profissionais da imprensa e da saúde, além da academia e estudantes, para analisar e discutir estratégias de comunicação e aspectos dessas doenças que causam impacto no país, além de comoção internacional.
“Esta é uma oportunidade única de tentar fazer diferente e construir em conjunto, colocar a grande mídia, os comunicadores da área da saúde e pesquisadores e gestores para discutir seu papel e suas responsabilidades em temas que impactam a saúde da população”, ressaltou a coordenadora da Assessoria de Comunicação da Fiocruz Brasília e uma das organizadoras do evento, Ana Carolina de Oliveira.
A cada dois anos, a Fiocruz Brasília promove seminários temáticos de Comunicação em Saúde para debater temas de relevância para a saúde pública. Em versões anteriores, abordou a cobertura da imprensa quanto à Febre Amarela, H1N1 e O SUS na mídia.
A programação deste ano conta com duas mesas de debate, que discutirão os temas “Ebola: o papel e a responsabilidade da mídia” e “Chikungunya, Dengue e Zika: epidemias anunciadas?”, com a participação de pesquisadores da Fiocruz e da Universidade de Brasília, jornalistas do Correio Braziliense, Observatório da Imprensa, Ministério da Saúde, Estado de S. Paulo e Viomundo
O evento, gratuito, é voltado para profissionais das áreas da saúde, imprensa, acadêmicos, estudantes e demais interessados no assunto. As inscrições estão abertas e podem ser feitas aqui. O encontro terá início às 10h, no auditório externo da Fiocruz Brasília.
Serviço
Seminário Temático As Relações da Saúde Pública com a Imprensa – Comunicação em situação de risco
Local: Auditório Externo Fiocruz Brasília – Avenida L3 Norte, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Gleba A, SC 4 (atrás do HUB)
Data: 05 de novembro de 2015
Horário: 10h às 16h30
Informações: (61) 3329-4508 / 4581 – Assessoria de Comunicação | ascombrasilia@fiocruz.br

2 comentários:

José-Armando MARTINS MORIM Lopes disse...

Gostaria imenso de poder participar, mas é impossível. E gostaria, porque entendo que o problema não é só do da comunicação, mas antes, e muito o da Informação - pura e dura. Comunicar é uma coisa, informar uma outra, sobretudo quando nos devemos ater à ética e à deontologia da profissão, coisa a que o comunicador - que não é nem tem de ser necessariamente jornalista - não tem de estar necessariamente obrigado. Abraço, chico! MM

Anônimo disse...

Por favor, gostaria de divulgar entre os participantes a seguinte chamada de trabalho: Call for Papers: Artículos para el Volumen 10, Número 2 (Jul-Dic 2017), dedicado a Comunicación de riesgo y catástrofes. Chamada de trabalhos para a revista espanhola Disertaciones dedicada ao tema Comunicación de riesgo y catástrofes. O número será coordenado por mim e pelo professor Carlos Lozano Ascêncio, da Universidade Juan Carlos (Madri). O prazo é março de 2016 e serão aceitos artigos em português.

Profa. Dra. Márcia Franz Amaral - marciafranz.amaral@gmail.com
Programa de Pós- Graduação em Comunicação
Universidade Federal de Santa Maria